Saturday, February 4, 2012

A ILHA AFORTUNADA

Ilha da Madeira, a ilha dos Atlantes










"Memories of Madeira" - 1997
Colcha doada pela autora Mrs. Jean Cockerell ao Madeira Story Centre em 2005































AS ILHAS AFORTUNADAS

Que voz vem no som das ondas
Que não é a voz do mar?
É a voz de alguém que nos fala,
Mas que, se escutamos, cala,
Por ter havido escutar.

E só se, meio dormindo,
Sem saber de ouvir ouvimos,
Que ela nos diz a esperança
A que, como uma criança
Dormente, a dormir sorrimos.

São ilhas afortunadas,
São terras sem ter lugar,
Onde o Rei mora esperando.
Mas, se vamos despertando,
Cala a voz, e há só o mar.

De:  Fernando Pessoa  -  "Mensagem" -  26 de Março de 1934